Expedição Alaska – Brasil/Bolívia/Brasil

29 abril 2015 Expedição Alaska – Brasil/Bolívia/Brasil

O objetivo do dia era sair bem cedo para fazer todos os trâmites fronteiriços o mais rápido possível pois já sabíamos que a fronteira com a Bolívia em Corumba é demorada, mas deu muito mais trabalho do que imaginávamos. O dia foi assim:

– Chegamos na fronteira as 7h para dar a saída no Brasil e já tinha fila (a fronteira abre as 08h30)

– Conversamos com algumas pessoas e indicaram para que um de nós ficasse do lado brasileiro para dar a saída dos 2 e o outro fosse pegar lugar na fila para dar entrada na Bolívia, pois lá é extremamente demorado. Nos 2 lados existe apenas uma fila tanto para quem está entrando como para quem está saindo. (Apenas 2 atendentes de cada lado).

–  Um de nós ficou na fronteira do Brasil e o outro foi para a fila na Bolívia, assim que dei a a saída do Brasil (09h15)  faltou dar a saída das motos e emitir um documento de exportação temporária, burocracia necessária para enviar as motos de volta dos Estados Unidos para o Brasil de navio. Após aguardar mais um pouco fui informado que esse documento não é emitido na fronteira, e sim na Receita Federal em Corumbá.

– Fui encontrar meu irmão na fila para dar entrada na Bolívia, uma verdadeira confusão, fila mal organizada, muito calor, e enfim por volta das 11:30 horas conseguimos dar entrada na Bolívia.

– Voltamos para Corumbá para emitir o documento de exportação na Receita Federal, chegamos lá as 11:50hs, mas ele param para almoço das 11:30 as 13:30hs.

– Como tínhamos que aguardar 2 horas fomos até a fronteira com a Bolívia dar entrada na motos na Aduana, o que demorou pouco menos de 1 hora, isso porque não tinha fila, terminamos por volta de meio dia e meia e voltamos para Corumbá almoçar e ir na Receita Federal.

– Chegamos na Receita Federal as 13h30 e conseguimos emitir os documentos as 15h30. Já era tarde para entrar na Bolívia então resolvemos abortar e sairemos amanhã cedo rumo a Santa Cruz de la Sierra.

Rodamos 34 km e enfrentamos cerca de 7 horas e meia de filas. Já estamos prontos para pegar estrada!

 

Eduardo Generali

Desde 2013, Eduardo é responsável pela divisão de Entretenimento da MotoAtacama. Quando não está na estrada guiando tours, está elaborando novos roteiros, ou ministrando cursos de pilotagem ON / OFF road.

Fale pelo Whatsapp